domingo, 15 de dezembro de 2019
47 99609-9282
Geral

08/08/2019 ás 08h41

AdminX

Itapema / SC

Governador anuncia chamamento de aprovados em concursos para Bombeiros, Polícia Civil e IGP
Governador anuncia chamamento de aprovados em concursos para Bombeiros, Polícia Civil e IGP

O governador Carlos Moisés anunciou na manhã desta quarta-feira, 7, o chamamento de novos profissionais para recompor o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP). No total, são 488 aprovados em concurso público que ingressarão para trabalhar na Segurança Pública em Santa Catarina.


Os chamamentos começam em 1º de setembro, com 50 escrivães e 50 agentes da Polícia Civil, além de 94 peritos e dois papiloscopistas do IGP. No dia 1º de novembro, serão chamados 150 soldados do Corpo de Bombeiros Militar, que ainda terá mais 142 chamados em março do ano que vem. A distribuição dos profissionais nos municípios será definida com base em critérios técnicos no momento em que eles forem efetivados.


“Nosso objetivo é trazer mais segurança para o cidadão catarinense. Faz 11 anos que o IGP não chama ninguém para os seus quadros, nem faz concurso. Estava em situação falimentar em Santa Catarina, demorando muito para atender, precisando chamar profissional de outras cidades para atender um óbito. Com o chamamento de 100% dos aprovados de concurso, vamos reforçar a área de investigação”, mencionou o governador.


De acordo com Moisés, o Estado ainda enfrenta limitações quanto aos gastos com folha de pagamento e precisa atuar com responsabilidade nas nomeações. “Esse é o compromisso do Governo de recompor o efetivo de Segurança Pública. Estamos chamando as pessoas de forma muito responsável, porque a gente extrapola o limite prudencial com despesa de pessoal estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal. A única possibilidade de chamamento é recompor efetivo na área de segurança”, detalha o governador.


Gestão integrada da Segurança Pública


Na avaliação do comandante-geral da Polícia Militar e presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, coronel Araújo Gomes, o chamamento de profissionais para todos os órgãos é um reflexo do novo modelo de gestão da segurança pública em Santa Catarina. “Pela primeira vez, o chamamento ocorre de maneira equilibrada entre todos os órgãos, trazendo um fortalecimento mais integrado e articulado”, enalteceu Araújo Gomes.


Segundo o presidente do Colegiado, a Polícia Militar já tem o aval do governador para chamar 35 oficiais e 500 soldados após os concursos que estão em andamento. “Isso com certeza repõe a perda de efetivo que tivemos nos últimos anos e vai reduzir a criminalidade, melhorando também a condição de trabalho do policial que está lá na ponta”, afirma.


Recomposição histórica de efetivos


O perito-geral do IGP, Giovani Eduardo Adriano, considera esta quarta-feira histórica para o órgão, que desde 2008 não conta com novos profissionais. “O governador reafirma o compromisso com a Perícia Oficial catarinense. É algo emblemático, uma nomeação que nunca havia acontecido antes. São 94 novos peritos oficiais nas mais diversas áreas de conhecimento. Teremos novos peritos criminais, médicos-legistas, odontologistas, peritos de laboratório. O ganho na qualidade do serviço será muito grande. Vamos dar uma resposta à altura para a sociedade no que diz respeito a desvendar os crimes que ocorrem em Santa Catarina”, conclui Adriano.


De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Charles Alexandre Vieira, as nomeações vão fortalecer ainda mais o trabalho da corporação em todas as regiões. “Vamos poder distribuir mais bombeiros pelo estado, atendendo ainda melhor à sociedade. Principalmente no interior, existe uma defasagem maior. Agora teremos guarnições mais bem montadas, podendo prestar um serviço mais efetivo”, afirma o comandante-geral.


A Polícia Civil terá 100 novos policiais, que, assim como os demais profissionais da segurança pública, passarão por treinamento e serão incorporados ao quadro. “Eles vão se somar aos 34 novos delegados de polícia chamados neste ano. Com isso, a Polícia Civil vai melhorar a prestação do serviço aos catarinenses e aos nossos visitantes. Consequentemente, vamos poder colaborar ainda mais para manter os índices de segurança que hoje alcançamos”, expõe o delegado-geral, Paulo Koerich.


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados