Segunda, 21 de outubro de 2019
47 99609-9282
Turismo

10/10/2019 ás 10h22

AdminX

Itapema / SC

Câmara aprova declaração da pesca artesanal da tainha como patrimônio imaterial de BC
Tradicional pesca vira patrimônio imaterial da cidade
Câmara aprova declaração da pesca artesanal da tainha como patrimônio imaterial de BC
Divulgação

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (09), o Projeto de Lei Ordinária 107/2019, do vereador David La Barrica (PSB), que declara patrimônio cultural imaterial do município a pesca artesanal para captura de tainha (mugili liza).

A justificativa do PLO ressalta que “a pesca artesanal da tainha é uma característica da identidade cultural de todo o nosso litoral e, até hoje, o trabalho é passado de geração em geração, mantendo assim uma tradição de séculos”.

O projeto destaca que constituem, como principal caraterística da pesca artesanal para captura de tainha, suas canoas, redes, ranchos de apoio e a função dos pescadores, e faz a descrição desses elementos.

A Unesco, citada na justificativa do PLO, define como patrimônio cultural imaterial “as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas – junto com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares culturais que lhes são associados – que as comunidades, os grupos e, em alguns casos, os indivíduos reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural”.

Também foi aprovada a Emenda 01, dos vereadores Gelson Rodrigues (PSB), Nilson Probst (MDB) e Pedro Francez (PL), que faz modificações nos incisos do Art. 1º e suprime o Art. 2º do projeto. Desta forma, o PLO continua em tramitação do Legislativo para ser deliberado em redação final.

Entrega de moções

No início da sessão, foi feita a entrega de oito moções de congratulação.

A Moção 234/2019, do vereador Omar Tomalih (PSB), ao senhor Adilson de Souza Soliz, por completar 30 anos na profissão de radialista.

E as moções de 216 a 223/2019, do vereador Pedro Francez (PL), a atletas por conquistas no 30º Campeonato Brasileiro de Kung-Fu: Erick de Carvalho (216/2019); Bianca Miranda (217/2019); Lucas Pereira “Sorin” (218/2019); Adriel Souza de Jesus (220/2019); Flávio Bernardes Stinn (221/2019); Aroldo Ademir Pereira (222/2019); e Felipe da Silva (223/2019).

Minuto de silêncio

No momento do Tema Livre, os vereadores fizeram um minuto de silêncio em memória ao ex-prefeito de Camboriú Edson Olegário, o Edinho, falecido na madrugada desta quarta-feira (09).

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados