Terça, 28 de janeiro de 2020
47 99609-9282
Brasil

28/12/2019 ás 16h22 - atualizada em 28/12/2019 ás 18h18

AdminX

Itapema / SC

Justiça decide manter presa a ‘Mãe do Bumbum’
Ela é acusada de aplicar silicone industrial em pacientes em Minas Gerais
Justiça decide manter presa a ‘Mãe do Bumbum’
Divulgação - Internet

A Justiça de Minas gerais decidiu manter presa a empresária conhecida como a “Mãe do Bumbum”. Ela é acusada de aplicar silicone industrial em clientes que a procuravam numa clínica e num centro de estética, junto com a proprietária do local.


Segundo o juiz de plantão no dia 25/12, Sálvio Chaves, a situação da mulher “não é exatamente idêntica” à da também empresária e dona do ccentro de estética conhecida como “Vivi Mãos de Fada”, de 34 anos. A proprietária conseguiu da Justiça habeas corpus na última terça-feira (24/12/2019). As informações são do jornal O Tempo.


Conforme juiz, a “Mãe do Bumbum” era quem adquiria os produtos químicos a serem utilizados nas clientes. “Inclusive, no momento da prisão em flagrante, ela, de fato, estava realizando o procedimento em uma ‘cliente’, com utilização da produtos médicos, como agulhas, possíveis anestésicos, dentre outros”, anotou o desembargador.


Os procedimentos eram realizados em um salão no bairro Eldorado, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. Após a aplicação, a “Mãe do Bumbum” ainda “colava” a pele das clientes com uma superbonder. O caso era investigado desde setembro, depois que vítimas com lesões procuraram a delegacia. A esteticista, cobrava cerca de R$ 4 mil em cada procedimento. Ao menos 60 mulheres foram atendidas.


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados