Quarta, 19 de fevereiro de 2020
47 99609-9282
Segurança

13/02/2020 ás 12h42 - atualizada em 13/02/2020 ás 12h56

AdminX

Itapema / SC

Cocaína da Bolívia tinha como destino pistas de pouso em Porto Belo e Brusque
Operação Narcos da Polícia Federal identificou esquema que distribuía cocaína pelo Brasil
Cocaína da Bolívia tinha como destino pistas de pouso em Porto Belo e Brusque
Foto: Polícia Federal/Divulgação

Pistas de pouso de aviões em Porto Belo e Brusque eram um dos principais pontos de entrega da cocaína importada da Bolívia pelo grupo de traficantes investigado pela Polícia Federal. Na manhã desta quinta-feira (14), mandados de prisão foram cumpridos em Itapema, onde foram realizadas buscas nos apartamentos dos envolvidos na facção criminosa. A Polícia Federal confirmou que os dois locais recebiam grande quantidade da droga, que também era transportada para outros estados através dos portos. Foram desencadeados ações pela “Operação Narcos” em Bombinhas, Balneário Camboriú e até Canelinha, no Vale do Rio Tijucas. 


O esquema foi descoberto pela polícia há um ano atrás. Segundo a PF, as investigações iniciaram pela grande quantidade de movimentação aérea das aeronaves. Uma das apreensões de drogas envolvendo o grupo aconteceu em 2019, em São Paulo, quando uma aeronave que partiu de Porto Belo, fez um pouso forçado após uma falha mecânica. No avião tinha quase 30 kg de pasta base de cocaína. A droga era adquirida principalmente na região Norte da Bolívia. Os traficantes, que usavam na maioria das vezes aviões particulares,  distribuíam em diversos estados do Brasil, como Bahia e Minas Gerais.  Outra questão chamou atenção das equipes. Foram os bens adquirimos pelos envolvidos. Além de apartamentos de luxo, a PF  apreendeu 16 carros e 12 aeronaves. 


No esquema, devidamente organizado em setores, que incluíam equipes de distribuição e logística, envolvia principalmente pilotos. A Polícia Federal destacou que todos eles pilotavam, auxiliando no transporte aéreo da cocaína. O grupo também era bastante ativo no meio social. Utililizavam de lanchas na região e participavam de diversos eventos. O nome deles não foi divulgado pela Polícia Federal. Os mandados continuam sendo cumpridos durante a tarde desta quinta-feira (13) na região. A PF deve divulgar até o final do dia um novo balanço das ações. 


Texto: Brunela Maria/VisorNotícias 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados