da Porto de Itajaí teve crescimento de 87% em 2018
domingo, 23 de fevereiro de 2020
47 99609-9282
Cidades

14/12/2018 ás 07h18

AdminX

Itapema / SC

Porto de Itajaí teve crescimento de 87% em 2018
Apresentação de dados foi realizada nesta quinta-feira (13)
Porto de Itajaí teve crescimento de 87% em 2018

O Porto de Itajaí cresceu 87% na movimentação de cargas em 2018. A informação foi apresentada na tarde desta quinta-feira (13) no auditório da Superintendência do Porto. Durante o evento, também foi assinado o repasse de R$ 21 milhões da Prefeitura ao Porto para a compra do terreno do Centro Integrado de Saúde (CIS), que pertencia à União.


Nos números apresentados nesta quinta-feira, a movimentação de cargas de janeiro a novembro aumentou de 193.559 mil contêineres em 2017 para 362.115 neste ano. Com o resultado, os cais públicos e da APM Terminals movimentaram 727.23 mil contêineres no biênio 2017/18.


“Foram dois anos muito complicados, com muitos desafios. O resultado apresentado aqui nos deixa muito feliz. Sabemos que a concorrência para a nossa área é pesada e estamos entre os dois melhores portos do Brasil”, ressalta o superintendente Marcelo Salles.


O protagonismo do Porto de Itajaí foi evidenciado na apresentação da superintendência. Na explanação, Salles destacou que 66,63% da atividade econômica de Santa Catarina depende dos serviços portuários da nossa cidade.


Um dos destaques deste ano foi o acordo com a empresa automotiva General Motors. Até novembro, foram movimentados 15.117 mil veículos em operações realizadas pela cidade. De acordo com a superintendência, o acordo já impactou a receita de ICMS para o município e também para os trabalhadores da área.


Assinatura do repasse
“O Porto é o motor da nossa economia. É, para nós, uma referência. Com o recurso que recebe agora pela compra do terreno do CIS, poderá aumentar a sua área primária e a capacidade de movimentação de navios e cargas”, destacou o prefeito de Itajaí Volnei Morastoni sobre os investimentos de R$ 21 milhões possibilitados pelo acordo com a Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. (Badesc).


O Município repassou os valores ao Porto de Itajaí para adquirir o terreno do Centro Integrado de Saúde. A verba servirá para a desapropriação de imóveis e expansão da área primária do porto.


Berço 3
Em dezembro de 2017, as obras do berço 3 foram entregues. O local tem em sua extensão de cais de 210 metros de comprimento. Os serviços gerais foram concluídos em 41 meses passando por etapas desde o projeto de reforço e realinhamento até seu acabamento.


O berço 4 tem previsão de entrega para 2019 e está com 97% das obras concluídas. De acordo com a superintendência, o município terá o mesmo nível de cais dos demais portos do Brasil.


Revitalização
Em parceria com a Secretaria Municipal de Urbanismo, o Porto de Itajaí também apresentou o projeto Borda D’Água – Porto Cidade. A iniciativa prevê a interação da comunidade com a experiência portuária.


A revitalização compreende também na Praça e Museu na Casa da Inspetoria, localizado no final da Avenida Prefeito Paulo Bauer. A ideia é aumentar o espaço de calçadas


Bacia de Evolução
O investimento de R$ 130 milhões do Governo do Estado garantiu que a obra, iniciada em 2016, chegasse à fase final com 95% dos serviços concluídos. Com a readequação do acesso aquaviário, a obra permitirá a manobra e atração de navios de 335 e 366 metros de comprimento e 48 a 52 metros de largura. A conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2019.


Em contrapartida, a Superintendência do Porto de Itajaí busca a liberação de R$ 220 milhões para as obras da segunda parte para receber navios de até 400 metros de comprimento e 60 metros de boca. Os recursos estão no orçamento da União.


Investimentos
Em 2017, o Porto recebeu R$ 53,68 milhões e em 2018, R$ 102,7 milhões em investimentos. Sendo R$ 2,7 milhões com recursos próprios. São investimentos em iluminação, sinalização, aquisição de computadores e licenças, pintura dos prédios, base de emergência, instalação de Estação de Tratamento de Efluentes, cabeços de amarração e defensas, simulação e treinamento de praticagem, monitoramento ambiental, , sinalização náutica, retirada de embarcação, demolição de antiga sede, sistema de incêndio, estudo da bacia de evolução, estudo de ampliação da área de despejo e dragagem e dragagem de manutenção.


Píer turístico
Com previsão de 24 escalas para 2019/20, o píer turístico oferecerá embarque, desembarque e trânsito de passageiros.


Destaque
Desde 2003, ocupa as posições de segundo porto no ranking nacional de movimentação de contêineres e está entre os 120 maiores portos do planeta, segundo o World Top Containers Ports 2016.   

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados