Segunda, 18 de novembro de 2019
47 99609-9282
Cidades

24/05/2019 ás 14h13

AdminX

Itapema / SC

Audiência Pública discute segurança nas escolas de Itapema
Audiência Pública discute segurança nas escolas de Itapema

A Câmara de Vereadores de Itapema, por proposição do vereador e presidente do Legislativo, Sidnei Moacir Florêncio, o Nei da Van (PSDB), realizou uma Audiência Pública na última segunda-feira (20), que debateu o tema segurança nas escolas.


A Audiência proporcionou ampla discussão entre Poderes Legislativo, Executivo e comunidade sobre o tema. A reunião contou, ainda, com a presença de membros do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e Polícias Civil e Militar.


O presidente do Conseg, Amarildo dos Santos, começou com a palavra e registrou que a motivação para o debate público são as situações críticas que acontecem nas salas de aula diariamente. “Devemos encontrar uma solução para as escolas de Itapema e isso não depende só da polícia. Depende dos pais, professores e alunos”, comentou.


A Audiência Pública foi presidida pelo vereador Nei da Van. Em sua fala, ele parabenizou o Capitão Rodrigues e toda a Polícia Militar de Itapema, juntamente com a Secretaria de Educação, e aproveitou para cobrar maior envolvimento dos pais na vida escolar de seus filhos. “Os pais acham que é simplesmente deixar os filhos nas escolas e creches e que a responsabilidade está nas mãos do diretor e professores. Os pais têm que acompanhar e verificar se seu filho está realmente nas escolas”, registrou.


Efetivo nas Escolas


Representando a Prefeitura de Itapema, participou da Audiência a secretária de Educação Alessandra Ghiotto. Ela elogiou a iniciativa da Audiência, afirmando que a segurança faz parte da construção de uma boa educação, e falou sobre algumas ações que são tomadas pelo Executivo referente ao tema.


Alessandra ainda falou sobre trabalhos in loco nas escolas do município. “Nós estamos fazendo o chamamento do concurso público para efetivar guardas municipais em unidades escolares. Além disso, sempre deixamos uma pessoa de referência nos portões para acompanhar a entrada e saída das crianças”, afirmou.


A secretária comentou sobre a implantação do processo de identificação facial digital nas escolas de Itapema. Segundo Alessandra, esse é um processo único no Estado. “Acreditamos que o monitoramento da educação fundamental é mais relevante neste momento, pois os familiares acompanham mais os alunos da educação infantil”.


Câmeras de segurança


Yagan Dadam (PR) foi um dos vereadores que participou da reunião. Na sua manifestação, ele defendeu a implantação de câmeras de segurança nas escolas públicas da cidade. “Algumas escolas particulares permitem que os pais acompanhem em momento real o que acontece dentro da sala de aula e no entorno das escolas”, afirmou.


O vereador ainda questionou o Capitão Rodrigues da Polícia Militar de Itapema, presente na Audiência. Yagan quis saber se há possibilidade de uma ronda da PM nas escolas. O Capitão Rodrigues afirmou que desde 2015, ano em que assumiu o comando da PM de Itapema, um efetivo de policiais faz as rondas nesses locais.


Sou Estudante, Sou Cidadão


Rodrigues comentou, ainda, sobre o Projeto Sou Estudante, Sou Cidadão, que leva noções de disciplina e respeito para os alunos da cidade. “Esse nosso programa está sendo efetivo, notamos melhorias significativas nos alunos, porém falta acompanhamento dos familiares”, comentou Rodrigues.


O delegado da Polícia Civil de Itapema, Aden Claus, também esteve presente e participou do debate durante a audiência pública. Ele comentou sobre o tema e afirmou que segurança não se dá apenas com aparato policial, mas com investimentos na educação. “É isso que esses projetos da PM vêm fazendo, levando princípios de disciplina e hierarquia para os estudantes. A partir desses trabalhos, há melhoras nos índices de criminalidade escolar”, explicou Aden.


O vereador Xavier Legarrea (MDB) também comentou sobre a necessidade de acompanhamento familiar nas escolas. “Parte da educação tem que vir de casa. As vezes a criança não tem um norte, então se torna um delinquente por falta de uma noção em casa de como é a vida, mas acredito que aos poucos, com iniciativas como essa, a coisa vai andando”, contribuiu o vereador.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados