Praia do Estaleirinho hasteia Bandeira Azul

A cerimônia de hasteamento ocorreu na rua José Amaro da Cunha e contou com a presença de autoridades e moradores.

Publicado em 15/12/2018

Praia do Estaleirinho hasteia Bandeira Azul

Foto: Divulgação

Outlet Porto Belo

A Bandeira Azul foi hasteada na Praia do Estaleirinho na tarde desta sexta-feira (14), indicando que o local é ecologicamente correto. A cerimônia de hasteamento ocorreu na Rua José Amaro da Cunha e contou com a presença de autoridades e moradores.

Balneário Camboriú recebeu o certificado do Programa Bandeira Azul para as praias do Estaleiro e Estaleirinho em 30 de novembro. O selo internacional é concedido a praias e marinas que atenderam a uma lista de critérios ligados a questões ambientais e qualidade da água. “Não vamos abrir mão de preservar o que temos de mais valioso, o meio ambiente. Não vamos sossegar até todas as nossas praias estarem com balneabilidade. Continuaremos trabalhando forte nisso”, disse o prefeito, Fabrício Oliveira.

Coordenadora nacional do programa, Leana Bernardi destacou que a Bandeira Azul será hasteada só durante a temporada. A bandeira será retirada quando os guarda-vidas saírem das duas praias. “A bandeira hasteada é um sinal para o banhista que o local tem qualidade de água e é seguro”, comenta Leana. A bandeira é retirada à noite e recolada de manhã, ou seja, em horário em que há guarda-vidas.

O secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd, ressaltou que, para manter o certificado, não só o poder público deve se empenhar, mas toda a comunidade. “Estamos aqui para trabalharmos juntos”. Presidente da Associação de Moradores do Estaleirinho, Marcos Cezar de Almeida acredita que o selo vai alavancar o turismo na região e incentivar que moradores e turistas cuidem da praia.

Turistas de Concórdia, as irmãs Manoela Magnani Fogliatto e Renata Fogliatto estavam conhecendo o Estaleirinho nesta sexta-feira, por coincidência no dia do hasteamento. “A praia é muito linda. A água tem uma qualidade muito boa, é limpa. Com certeza, vamos voltar mais vezes”, disse Manoela.

Nove praias no Brasil conquistaram o certificado

Além das duas praias, a Tedesco Marina Garden Plaza, de Balneário Camboriú, ganhou o selo do programa. No Brasil, serão condecoradas nove praias (seis em Santa Catarina), cinco marinas (duas em Santa Catarina) e uma embarcação de turismo sustentável (em Florianópolis). As certificações são válidas para a temporada 2018/2019.

No início de 2017, Balneário Camboriú habilitou-se a obter o certificado de qualidade ambiental do programa. As praias foram cadastradas na fase piloto do Bandeira Azul, e começou o trabalho para o cumprimento de todas exigências. Entre as ações realizadas, estão a formação do comitê gestor do programa, contratação de técnico especialista, análises de água, diagnóstico das praias e reuniões periódicas com a comunidade. Outra frente de trabalho atuou na instalação e recuperação de equipamentos nas praias do Estaleiro e Estaleirinho. As estruturas existentes, como passarelas e decks, cerca de proteção da restinga e postos guarda-vidas passaram por reforma. Banheiro e chuveiros (ou lava-pés), novas lixeiras e placas informativas foram instalados. As obras são contínuas. Para envolver a comunidade e os banhistas, ações de educação ambiental nas praias estão programadas para a temporada.

Sobre o Programa*

O Programa Bandeira Azul foi criado pela Foundation for Environmental Education (FEE), uma instituição internacional com integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do Programa é o Instituto Ambientes em Rede (IAR).

As praias, marinas e embarcações inscritas no programa comprometem-se com o cumprimento de critérios propostos. Para ser certificada, a praia/marina/embarcação deve ser inicialmente aceita pelo Operador Nacional, recomendada pelo Júri Nacional e aprovada pelo Júri Internacional.

O Júri Internacional é composto pela Foundation for Environmental Education (FEE), World Conservation Union (IUCN), European Union for Coastal Conservation (EUCC), United Nations Environmental Program (UNEP), World Tourism Organization (WTO), World Health Organization (WHO), International Life Saving (ILS), International Council of Marine Industry (ICOMIA) e Reef Check Program.

*Fonte: www.bandeiraazul.org.br.  

COMENTE ABAIXO ⬇

Incêndio em carreta fecha BR-101 em Itapema

Um incêndio em uma carreta fechou a BR-101 na altura do morro das Calotas, em Itapema. O trânsito foi fechado nos dois sentidos. Ainda não há informações sobre o que causou o fogo ou se há feridos. O incidente ocorreu por volta das 12h30...

Corpo de recém-nascido é encontrado congelado em Camboriú

Nesta quinta-feira (12) a noite, a Polícia Militar de Camboriú registrou uma ocorrência inesperada e chocante. Um bebê recém-nascido foi encontrado congelado em um depósito de materiais recicláveis no bairro Lídia Duarte, em Camboriú. No...

Morre sexta vítima de acidente no interior de SC

A Polícia Rodoviária Militar confirmou a sexta morte do acidente entre uma carreta e um carro da Secretaria de Saude de Santa Cecília. A vítima era uma mulher que havia sido transferida para o hospital. A colisão ocorreu na tarde desta...

Carro é furtado em creche com criança de 9 anos dentro

Na manhã desta terça-feira (10) a Polícia Civil registrou uma tentativa de furto na cidade de Concórdia, no Oeste do Estado. Segundo informações, o criminoso entrou dentro do veículo, onde estava uma criança de 9 anos dentro. Esse caso...